segunda-feira, 21 de março de 2011

O paraíso era aqui


 03/04/2012 – O Paraíso era aqui. 

Em uma terra dominada pela selvageria, onde o clima é pesado sendo que até o próprio ar que se respira queima os pulmões em fúria e o sol desistiu de brilhar, você só reza para que a bala disparada da sua arma traga um pouco mais de fé e luz, e... É claro acerte a cabeça dos Pesadelos.


O Paraíso era aqui na época em que todo mundo trabalhava, vivia sua vidinha que achavam medíocres tinham um lar uma casa e a missão de chegar vivo ou inteiro todo dia. Falo isso porque antes do grande Apocalipse eu era um escritor e hoje a mesma mão que segura à caneta para fazer poesia agora segura uma Carabina metralhadora Sten, toda suja de lama e sangue.

Não sei o que aconteceu na verdade ninguém sabe até hoje, os mortos os pesadelos não levantaram por culpa de um vírus, ou um portal vindo de outra dimensão. Na verdade a única triste coincidência é que tudo começou em janeiro de 2012. De repente tudo que você conhece ou chama por realidade mudou.. Tudo que possui vontade suficiente para semear a destruição consegue voltar de alguma forma, assombrações tomaram diferentes formas as mais comuns são os zumbis, outras assombrações tomam uma forma mais horrenda e essa nova realidade traz a loucura no cérebro de quem a vivencia. Tudo o que eu procuro é uma forma de ajudar os outros, pois tudo que eu tenho agora são restos e lembranças de uma vida que era perfeita.

 
27/03/2012 – Um Abrigo para a Chuva

Joanna e eu não entendemos nada do que está acontecendo, os noticiários são confusos e o tempo parece ter parado. O caos e a fobia se instalaram no coração de toda população, esses horrores lá fora e ninguém quer permanecer unido, talvez seja isso o problema da nossa espécie e é ai que os Pesadelos atacam na adversidade. O governo não ajuda em nada a população só o “Clube dos Gringos” fechados para políticos e suas prostitutas e outros famosos são como uma fortaleza que os protege da nova realidade, o máximo que fazem é entregar uma arma na sua mão e falar com um sorriso falso: “Faça o melhor que puder com isso filho!” E o coletivo, toda essa história ai de nação unida você enfia no vaso sanitário (se você der sorte de achar um) e dá descarga. Nas adversidades cada um no fundo bem no fundo quer garantir o seu, sua própria sobrevivência e então quando um é derrubado vira apenas uma questão de tempo para todo o resto desmoronar.

28/03/2012 – Renascimento

Blábláblá Pavlov agora não existe mais, enquanto lágrimas tomam minha mão e mancham o papel desse maldito diário. Joanna minha única fonte de paz foi tirada de mim. Apenas quando você perde tudo mais tudo mesmo é que você percebe que tudo aquilo era o que você precisava ter. Os tiros destruíram a maioria dos zumbis que estavam no local, meu ar era calmo, porém concentrado, Joanna estava com um mau pressentimento sobre estar naquela Avenida até que a Gasolina do maldito carro acaba e um maldito era mais como uma sombra porém , em uma forma humanóide seqüestrando Joanna, eu corri até que os músculos da minha perna não agüentassem mais, até que eu não conseguisse me arrastar. Mas não foi o Suficiente e agora eu farei o Suficiente mesmo que ela não esteja mais entre os vivos, mesmo que ela seja agora só uma lembrança espalhada pelo vento. .



04/03/2012– Entre um Poeta e Justiceiro

 Perder tudo é difícil mais você levantar mesmo depois disso é um desafio que te torna ainda mais forte. Mas a vida nesse mundo não deixa de ser uma merda eu tenho um motivo para viver e para provar que posso ser tão forte quanto o pesadelo. Recarreguei meu estoque de balas e armas conseguindo de alguns mortos do chão, andei alguns quilômetros até que uma criança clamava por ajuda fui até ela e alguns zumbis estavam atrás do pai dela, a menina mal conseguia respirar de tanto que correu ela ficou atrás de mim e as balas foram certeiras. Tudo salvo, sem desespero meu coração não temia a mais nada.Aquele senhor era um tanto quanto louco, mais eu agradeço até minha ultima prece por ele aparecer na minha vida, contei minha história para o velho e ele disse que essas sombras que raptam as pessoas a levam para o “Castelo dos Gringos”  (Sabia que eles todos iram para o inferno) com fins estranhos , ele mesmo conseguiu escapar.. Se tudo aquilo era verdade ou não, não era uma preocupação pois eu não tinha nada a perder. Pois agora eu vou traçar meu destino e encontrar Joanna nem mesmo que eu morra tentando.
--------
É demorei mais tá ai, quem gostou e deseja uma continuação manda um comentário maroto ai que faço até mais rápido AUHRHAHUR. Mesmos recados turma Sigam o Blog @heavenswillburn ^^ e comentem se gostaram ou se acham que precisamos mudar algo. Abraços do @der_werwolf


2 comentários:

  1. AMÉM TU POSTOU DUDE*---*
    kofkofokfdkodfokfko
    ounn que saudade dos seus textos. Esse foi
    muito bom, amei pra caramba*
    bgks*
    @dkdree_

    ResponderExcluir
  2. Cadê a Joanna...???

    ResponderExcluir